Fórmula 1

Durante todo o mês de fevereiro, foram apresentados os carros da cada equipe e novidades sobre o regulamento. A partir desse ano, cada carro deverá ter uma asa dianteira maior e integrada com os pratos laterais, calotas nas rodas e aletas cobrindo os pneus, além de ter que refazer completamente o design da asa traseira.

Além dessas mudanças, uma novidade que vem chamando a atenção é a volta do conceito de efeito-solo. Esse efeito garante que a pressão aerodinâmica seja gerada pelo assoalho do carro e não mais pelas asas e demais apêndices, como era feito anteriormente. Assim, a tendência é que os veículos andem mais próximos, principalmente nas curvas, gerando mais disputas e ultrapassagens.

São mudanças que prometem deixar a competição mais equilibrada, limitando o poder de grandes equipes, como Red Bull e Mercedes, que dominaram a última temporada. Quem não quer esperar mais para acompanhar a nova temporada, vale a pena ficar de olho na pré-temporada de 2022, que será entre os dias 23 e 25 de fevereiro, e 10 a 12 de março. 

Haverá duas etapas de testes, para testagem dos carros e apresentação dos novos modelos. Os primeiros testes da temporada serão em fevereiro no Circuito da Catalunha, em Barcelona. Já os segundos testes acontecerão no mês seguinte no Circuito de Sakhir, no Bahrein, onde ocorrerá a abertura da temporada uma semana depois.

Read More

Como apostar na Mega-Sena Para apostar na Mega Sena é simples: o jogador deve escolher entre 6 a ...
5 May 2022
O jogo ocorre no estádio da Serrinha, em Goiânia. Confira nosso prognóstico e dica de aposta. Goiás – ...
4 April 2022
A partida, prevista para começar às 11hs (horário de Brasília), terá como palco o estádio Nilton Santos. Confira ...
4 April 2022
A previsão de apito inicial é para as 16h30 do dia 30 de abril. Confira nosso prognóstico de ...
4 April 2022
A partida tem previsão de bola rolando a partir das 16h30 do dia 30 de abril, no estádio ...
4 April 2022

MELHORES SITES DE APOSTAS 2022

Como fazemos as análises para chegar aos palpites de hoje?

Fórmula 1 Classificação

O sistema de classificação da Fórmula 1, atualmente, privilegia os pilotos e equipes que forem mais constantes na temporada. Como apenas os  10 primeiros pilotos de cada etapa pontuam, para um piloto se sagrar campeão da temporada, ele precisa ter constância e estar sempre entre os primeiros. Da mesma forma, as equipes precisam manter seus pilotos no pódio para ganhar o título. Confira como ficou a classificação de 2021, por pilotos e por equipes.

Fórmula 1 classificação por pilotos

  • 1.º colocado: Max Verstappen (HOL), Red Bull, com 395.51 pontos
  • 2.º colocado: Lewis Hamilton (ING), Mercedes, com 387.5 pontos
  • 3.º colocado: Valtteri Bottas (FIN), da Mercedes, com 226 pontos
  • 4.º colocado: Sergio Pérez (MEX), Red Bull, com 190 pontos
  • 5.º colocado: Carlos Sainz Jr. (ESP), Ferrari, com 164.5 pontos
  • 6.º colocado: Lando Norris (ING), McLaren, com 160 pontos
  • 7.º colocado: Charles Leclerc (MON), Ferrari, com 159 pontos
  • 8.º colocado: Daniel Ricciardo (AUS), McLaren, com 115 pontos
  • 9.º colocado Pierre Gasly (FRA), AlphaTauri, com 110 pontos
  • 10.º colocado Fernando Alonso (ESP), Alpine, com 81 pontos
  • 11.º colocado: Esteban Ocon (FRA), Alpine, com  74 pontos
  • 12.º colocado Sebastian Vettel (ALE), Aston Martin, com 43 pontos
  • 13.º colocado Lance Stroll (CAN), Aston Martin, com 34 pontos
  • 14.º colocado Yuki Tsunoda (JAP), AlphaTauri, com 32 pontos
  • 15.º colocado: George Russell (ING), Williams, com 16 pontos
  • 16.º colocado: Kimi Räikkönen (FIN), Alfa Romeo, com 10 pontos
  • 17.º colocado: Nicholas Latifi (CAN), Williams, com 7 pontos
  • 18.º colocado: Antonio Giovinazzi (ITA), Alfa Romeo, com 3 pontos
  • 19.º colocado: Mick Schumacher (ALE), Haas, com 0 pontos
  • 20.º colocado: Nikita Mazepin (RUS), Haas, com 0 pontos
  • 21.º colocado: Robert Kubica (POL), Alfa Romeo, com 0 pontos

Fórmula 1 classificação por equipes

  • 1.º colocada: Mercedes, com 613.5 pontos
  • 2.º colocada: Red Bull, com 585.51 pontos
  • 3.º colocada: Ferrari, com 323.5 pontos
  • 4.º colocada: McLaren, com 275 pontos
  • 5.º colocada: Alpine, com 155 pontos
  • 6.º colocada: AlphaTauri, com 142 pontos
  • 7.º colocada: Aston Martin, com 77 pontos
  • 8.º colocada: Williams, com 23 pontos
  • 9.º colocada: Alfa Romeo, com 13 pontos
  • 10.º colocada: Haas, com 0 pontos

Repare que nem sempre a equipe que leva o primeiro lugar é a do piloto que ganhou o título ao final da temporada. Isso acontece porque para uma equipe se sagrar campeã, ela precisa manter os dois pilotos entre as primeiras colocações até o final da temporada. No caso, em 2021, a equipe que venceu foi a Mercedes, mas o campeão Max Verstappen é da Red Bull.

Horário da Fórmula 1

Assistir a todas as etapas da Fórmula 1, hoje em dia,  não é tarefa para qualquer um. São 23 corridas ao redor do planeta e horários diferentes. Cada etapa começa na sexta-feira, com o primeiro e segundo treino livre. No sábado, há um treino livre e a classificação, onde os corredores competem entre si para ver quem consegue o melhor tempo em busca da melhor colocação na largada, que acontece no domingo.

Etapa 1.º Treino 2.º Treino 3.º. Treino Classificação Largada
GP do Bahrein 9h 12h 9h 12h 12h
GP da Arábia Saudita 12h 15h 12h 15h 15h
GP da Austrália 0h 3h 0h 3h 2h
GP da Emilia-Romagna 9h 12h 8h 11h 10h
GP de Miami 15h30 18h30 14h 17h 16h30
GP da Espanha 9h 12h 8h 11h 10h
GP de Mônaco 9h 12h 8h 11h 10h
GP do Azerbaijão 8h 11h 8h 11h 11h
GP do Canadá 15h 18h 14h 17h 15h
GP da Inglaterra 9h 12h 8h 11h 11h
GP da Áustria 9h 12h 8h 11h 10h
GP da França 9h 12h 8h 11h 10h
GP da Hungria 9h 12h 8h 11h 10h
GP da Bélgica 9h 12h 8h 11h 10h
GP da Holanda 9h 12h 8h 11h 10h
GP da Itália 9h 12h 8h 11h 10h
GP da Rússia 7h 10h 7h 10h 8h
GP de Cingapura 7h 10h 7h 10h 9h
GP do Japão 1h 4h 1h 4h 2h
GP dos EUA 16h 19h 16h 19h 16h
GP do México 15h 18h 14h 17h 16h
GP de São Paulo 13h 16h 13h 16h 15h
GP de Abu Dhabi 7h 10h 8h 11h 10h

Esses são os horários, com horário local de Brasília, previstos para cada etapa da Fórmula 1 de 2022, anunciados pela própria FIA – Federação Internacional de Automobilismo. Para entender como funciona cada etapa, preparamos um guia completo que vai ajudar você na hora de seguir a temporada da Fórmula 1 de 2022.

Como funciona a Fórmula 1

Fundada em 1950, a Fórmula 1 partiu da ideia de alguns dirigentes de grandes escuderias que competiam nos Grandes Prêmios, corridas separadas que premiavam individualmente cada vencedor. A partir da junção dos Grandes Prêmios, que aconteciam no Reino Unido, Mônaco, Suíça, Bélgica, França e Itália, criou-se a primeira competição de Fórmula 1.

Em mais de 70 anos de história, a Fórmula 1 passou por inúmeras alterações, novas regras foram criadas e outras normas extintas. O objetivo dessas alterações, conforme os diretores da FIA, era de tornar a disputa mais democrática ao longo dos anos, impedindo que o poder do dinheiro crie campeões seguidos. Assim, abre-se espaço para casos como da Brawn GP que, saiu de última colocada em 2008 para campeão de 2009 com Jenson Button.

Pontuação da Fórmula 1

Com 20 pilotos, 10 equipes e 23 etapas, a Fórmula 1 de 2022 promete muitas emoções ao longo do ano. Para quem desconhece o funcionamento da classificação da Fórmula 1, ela se baseia no sistema de pontos, que premia do 1 ao décimo colocado da etapa. Confira a seguir a lista de pontuação de cada etapa da Fórmula 1.

  • Primeiro colocado: 25 pontos
  • Segundo colocado: 18 pontos
  • Terceiro colocado: 15 pontos
  • Quarto colocado: 12 pontos
  • Quinto colocado: 10 pontos
  • Sexto colocado: 8 pontos
  • Sétimo colocado: 6 pontos
  • Oitavo colocado: 4 pontos
  • Nono colocado: 2 pontos
  • Décimo colocado: 1 ponto

Além disso, o piloto que fizer a volta mais rápida da etapa e terminar entre os dez primeiros, ganha 1 (um) ponto extra. Portanto, ao final da temporada, o piloto que mais tiver pontuado ao final da temporada, recebe o título de Campeão Mundial da Fórmula 1. A classificação da Fórmula 1 vai sendo atualizada etapa após etapa, com a pontuação de cada etapa.

Treinos livres de Fórmula 1

Antes de cada corrida, acontecem três treinos livres, corridas abertas para os pilotos e equipes testarem os carros, buscarem defeitos e fazerem melhorias. O horário vai depender da programação específica de cada evento, já que algumas corridas são realizadas à noite.

Confira na tabela acima os horários para descobrir o treino livre de cada etapa.

TL1 – Primeiro treino livre

Na sexta-feira, após as entrevistas e outras atividades administrativas, começa o primeiro treino livre. Normalmente, esse treino começa por volta das 12h do horário local e, neste ano, terá duração de 90 minutos, 30 minutos a mais do que nas temporadas anteriores. Nesses treinos, os pilotos fazem a primeira testagem dos carros.

TL2 – Segundo treino livre

No mesmo dia, um pouco mais tarde, por volta das 17h e 18h30 do horário local, os pilotos partem para uma segunda rodada de treinos. É a hora de testar as adaptações feitas após o TL1. Após a finalização do TL2, os pilotos partem para entrevistas e outras atividades.

TL3 – Terceiro treino livre

No dia seguinte, sábado, os pilotos partem para mais um treino livre, desta vez, com duração de apenas 60 minutos. Essa é a última chance dos pilotos de analisarem os carros e fazerem as alterações necessárias para começarem a qualificação algumas horas depois.

Pilotos de Fórmula 1

Agora que você sabe como funcionarão os treinos livres de 2022, precisa saber quem serão os pilotos responsáveis por pilotar as máquinas mais velozes do automobilismo.

Confira a seguir o nome, a numeração, a equipe, data de nascimento e nacionalidade de cada piloto. Saiba tudo sobre essas feras para escolher o seu favorito.

Max Verstappen – 1

Equipe: Red Bull Racing

Nascimento: 1997-09-30 (idade 24)

Nacionalidade: Holanda

Daniel Ricciardo – 3

Equipe: McLaren

Nascimento: 1989-07-01 (idade 32)

Nacionalidade: Austrália

Lando Norris – 4

Equipe: McLaren

Nascimento: 1999-11-13 (idade 22)

Nacionalidade: Reino Unido

Sebastien Vettel – 5

Equipe: Aston Martin Racing

Nascimento: 1987-07-03 (idade 34)

Nacionalidade: Alemanha

Nicholas Latifi – 6

Equipe: Williams

Nascimento: 1995-06-29 (idade 26)

Nacionalidade: Canadá

Nikita Mazepin – 9

Equipe: Haas F1 Team

Nascimento: 1999-03-02 (idade 22)

Nacionalidade: Rússia

Pierre Gasly – 10

Equipe: AlphaTauri

Nascimento: 1996-02-07 (idade 26)

Nacionalidade: França

Sergio Perez – 11

Equipe: Red Bull Racing

Nascimento: 1990-01-26 (idade 32)

Nacionalidade: México

Fernando Alonso – 14

Equipe: Alpine

Nascimento: 1981-07-29 (idade 40)

Nacionalidade: Espanha

Charles Leclerc – 16

Equipe: Ferrari

Nascimento: 1997-10-16 (idade 24)

Nacionalidade: Mônaco

Lance Stroll – 18

Equipe: Aston Martin Racing

Nascimento: 1998-10-29 (idade 23)

Nacionalidade: Canadá

Yuki Tsunoda – 22

Equipe: AlphaTauri

Nacionalidade: Japão

Nascimento: 2000-05-11 (idade 21)

Alexander Albon – 23

Equipe: Williams

Nascimento: 1996-03-23 (idade 25)

Nacionalidade: Tailândia

Guan Yu Zhou – 24

Equipe: Alfa Romeo

Nascimento: 1999-05-30 (idade 22)

Nacionalidade: China

Esteban Ocon – 31

Equipe: Alpine

Nascimento: 1996-09-17 (idade 25)

Nacionalidade: França

Lewis Hamilton – 44

Equipe: Mercedes

Nascimento: 1985-01-07 (idade 37)

Nacionalidade: Reino Unido

Mick Schumacher – 47

Equipe: Haas F1 Team

Nascimento: 1999-03-22 (idade 22)

Nacionalidade: Alemanha

Carlos Sainz Jr. – 55

Equipe: Ferrari

Nascimento: 1994-09-01 (idade 27)

Nacionalidade: Espanha

George Russell – 63

Equipe: Mercedes

Nascimento: 1998-02-15 (idade 24)

Nacionalidade: Reino Unido

Valtteri Bottas – 77

Equipe: Alfa Romeo

Nascimento: 1989-08-28 (idade 32)

Nacionalidade: Finlândia

Fórmula 1: Campeões

Principal objetivo de todos os pilotos da Fórmula 1, o título de Campeão Mundial de Fórmula 1 foi conquistado por apenas 34 pilotos. O maior vencedor continua sendo o alemão Michael Schumacher, que se aposentou, e, em seguida,  Lewis Hamilton, que continua correndo e tem tudo para ultrapassar o alemão nos próximos anos. Confira a lista completa de todos os campeões da Fórmula 1.

  1. 1 título: Nino Farina (ITA), Mike Hawthorn (GBR), Phil Hill (EUA), John Surtees (GBR), Denny Hulme (NZL), Jochen Rindt (AUT), Mario Andretti (EUA), Jody Scheckter (AFS), Alan Jones (AUS), Keke Rosberg (FIN), Nigel Mansell (GBR), Damon Hill (GBR), Jacques Villeneuve (CAN), Kimi Räikkönen (FIN), Jenson Button (GBR), Nico Rosberg (ALE), Max Verstappen (HOL)
  2. 2 títulos: Alberto Ascari (ITA, Jim Clark (GBR), Graham Hill (GBR), Emerson Fittipaldi (BRA), Mika Häkkinen (FIN) e Fernando Alonso (ESP)
  3. 3 títulos: Ayrton Senna (BRA), Nelson Piquet (BRA), Niki Lauda (AUT), Jackie (GBR) e Jack Brabham (AUS)
  4. 4 títulos: Alain Prost (FRA) e Sebastian Vettel (ALE)
  5. 5 títulos: Juan Manuel Fangio (ARG)
  6. 7 títulos: Lewis Hamilton (ING) e Michael Schumacher (ALE)

No pódio por nações, o Reino Unido lidera com dez vencedores e 20 títulos conquistados. Em segundo lugar está a Alemanha, com três campeões e 12 títulos na estante. O Brasil está em terceiro, com oito conquistas de três campeonatos.

Fórmula 1: Standings

Para quem desconhece o termo, Standings possui o  mesmo significado  que “classificação”. Como a atual temporada de 2022 ainda não se iniciou, todos os pilotos estão empatados.

No decorrer da temporada, iremos atualizar a classificação de 2022 com a pontuação de cada etapa. Fique por dentro acompanhando tudo da Fórmula 1 aqui na Esportiva Aposta.

Fórmula 1: Resultados

As etapas da Fórmula 1 de 2022 ainda não começaram. Aqui na Esportiva Aposta vamos apontar os resultados de todas as corridas, além de informar fatos e curiosidades para os amantes do automobilismo. Acompanhe o seu esporte favorito conosco e se prepare para se tornar um exímio conhecedor de Fórmula

Fórmula 1: Calendário de 2022

A FIA anunciou o calendário oficial de 2022 com todas as etapas da temporada.

Vale deixar claro que a corrida prevista para acontecer na Rússia, em Sochi, foi suspensa. Além disso, as corridas da Itália e dos Estados Unidos estão em processo de confirmação. No geral, o calendário de 2022 para a F1 ficará assim:

Carros de Fórmula 1

As estrelas da modalidade, os carros da F1, são um show à parte. Esses ágeis e belíssimos veículos ficam marcados na história, às vezes até mais que os próprios pilotos. Para construir um carro de Fórmula 1 são necessários 14.500 competentes, todos feitos sob medida por computadores super inteligentes e manufaturados manualmente.

Cada carro da F1 é único e as equipes podem inovar de acordo com suas descobertas tecnológicas,desde que respeitando as regras gerais da competição. O tempo para criação de um carro de F1 é de 2 anos, um processo que fica cada vez mais rápido graças a novas tecnologias como impressoras 3D.

Os carros são testados em túneis de vento, onde as equipes analisam o desempenho aerodinâmico e do motor. Porém, os testes são limitados à velocidade de 180 km/h, deixando que o melhor fique para as pistas.

O sistema de testagem da FIA privilegia os últimos colocados, que podem passar até 25% mais tempo testando os carros nos túneis de vento do que as equipes mais bem colocadas na última temporada.

Fórmula 1 – Transmissão

Desde 1972, a TV Globo era a detentora dos direitos de transmissão da Fórmula 1. Contudo, a TV Bandeirantes assinou contrato com a Liberty Media, que cuida dos direitos de imagens da Fórmula 1, para transmitir o campeonato de 2021, após desistência da Globo.

Com o sucesso da transmissão, a emissora do Morumbi decidiu renovar para mais uma temporada e vai transmitir todas as etapas da Fórmula 1 de 2022.

F1 TV Pro

O amante da maior modalidade do esporte automobilístico ainda pode assistir às etapas, treinos livres, entrevistas e conteúdo exclusivo do campeonato pela F1 TV Pro, serviço de streaming da categoria. Lançada no Brasil em 2021, a F1 TV Pro é ativada no modelo assinatura, que pode ser anual (US $39,99) ou mensal (US $5.19). Há outros pacotes, como o TV Acess, que disponibiliza apenas as corridas gravadas por um custo menor.

Ferrari e a Fórmula 1

A Scuderia Ferrari é a equipe mais tradicional da Fórmula 1. Participante de todos os torneios de Fórmula de 1950 até o momento, a Ferrari é também a maior campeã da modalidade. São 16 títulos conquistados como maior equipe e 15 vezes campeão como equipe de um piloto. São 238 vitórias, 778 pódios, 230 pole positions, 254 voltas rápidas, 8.712 pontos conquistados em 1.032 etapas. São estes números impressionantes que fazem da Ferrari uma lenda Fórmula 1.

Quanto custa um carro de Fórmula 1?

Construir um carro de Fórmula 1 é uma tarefa para quem tem bastante dinheiro. Por isso, as grandes equipes são patrocinadas por grandes empresas. Corre o piloto que conseguir atrair um maior número de patrocínio. É uma forma de conseguir a vultosa quantia de R $140 milhões por temporada, para construir um carro da Fórmula 1.

Sim, esse é o valor estabelecido pela FIA como limite a ser gasto na construção de um carro da F1. Valor esse, aliás, que será reduzido para R $135 milhões a partir de 2023, tudo em busca de gerar maior competição entre os pilotos. Vale ressaltar que esse valor é apenas para a construção dos carros. Os salários, gastos com marketing e outros custos, não são incluídos.

  1. Motor: média R$ 100 milhões
  2. Pneus: média de R$ 7 milhões (15.000 mil por conjunto, 20 conjuntos em cada GP)
  3. Chassi: média R$ 4 milhões
  4. Câmbio: média de R$ 3 milhões
  5. Sistema hidráulico e ECU: média de R$ 940.000
  6. Asa dianteira: média de R$ 810.000
  7. Volante: média de R$ 312.000
  8. Asa traseira: média de R$ 500.000
  9. Halo: média de R$ 94.000
  10. Tanque de combustível: média de R$ 720.000

Como se tornar piloto de Fórmula 1?

Para quem tem o sonho de pilotar para a Fórmula 1, preparamos uma análise completa com os principais dados. Os principais pilotos de Fórmula 1, como o hepta campeão Lewis Hamilton, começaram a correr ainda na infância. Por volta de 6 a 8 anos é a idade ideal para começar a jornada rumo a Fórmula 1.

Normalmente, o aspirante a piloto da F1 deve começar a pilotar karts, como aconteceu com Ayrton Senna. Com o tempo, o piloto deve avançar nas categorias inferiores, ou também nas chamadas “categorias de base” da Fórmula 1. Ao todo, existem cinco categorias de base, são elas:

  1. Fórmula Renault
  2. Fórmula BMW
  3. Fórmula 3 Inglesa
  4. Fórmula 3
  5. Fórmula 2

A Fórmula 2 é a última categoria antes de chegar à Fórmula 1. O piloto que conseguir obter bons resultados nela, tem chances de chegar na categoria mais desejada do automobilismo mundial. Além disso, o piloto deve obter alguns certificados da própria FIA, para correr nas categorias. Sem esquecer do aspecto financeiro, uma vez que um  m investidor é essencial para se tornar um piloto de Fórmula 1.

Melhor piloto de Fórmula 1

Lewis Hamilton – O britânico tem uma série de recordes impressionantes, que fazem dele o melhor piloto da Fórmula 1 de todos os tempos!

  1. Maior número de vitórias em corridas de Fórmula 1, com 103 triunfos
  2. Primeiro em número de títulos mundiais de Fórmula 1
  3. Maior número de pontos na carreira (4.165,5)
  4. Maior número de pole positions (103)
  5. Maior número de volta lideradas (5.396)
  6. Maior número de pódios (182)
  7. Maior número de Grand Chelem em uma temporada (3)
  8. Maior número de pontos em uma temporada (413)

Fórmula 1: melhores momentos!

 

 

Fórmula 1 – Dúvidas Frequentes

Quando começa a Fórmula 1 2022?

A primeira etapa da Fórmula começa domingo, dia 20 de Março de 2022. Ela acontece no Circuito Internacional de Bahrein, no Oriente Médio.

Qual é o valor de uma Fórmula 1?

Em média, um bilhete para os três dias da etapa (TL1, TL2, TL3, Classificatória e Corrida) custa de R $700,00 a R $15.000,00 reais. O valor vai depender da localização e do setor.

Fórmula 1, onde assistir?

Existem duas maneiras de assistir à Fórmula 1 atualmente. Na TV Bandeirantes ou pelo serviço de Streaming TV F1 Pro.

Quanto ganha um piloto de Fórmula 1?

O maior de todos, Lewis Hamilton, recebe R $221, milhões anuais. Já o atual campeão, Max Verstappen, recebeu em 2021 R $138,3 milhões.  O que menos recebeu na última temporada foi o japonês Yuki Tsunoda, que embolsou apenas com R$ 4 milhões.